fbpx
Manchetes Obesidade

Anvisa aprova novo agente para tratamento da obesidade em adolescentes

Escrito por Ícaro Sampaio

No dia 25 de setembro foi publicado no diário oficial da união a aprovação pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) da semaglutida subcutânea 2,4 mg para tratamento da obesidade em adolescentes com idade igual ou superior a 12 anos.

Apesar de ainda não estar disponível nas farmácias, a semaglutida 2,4 mg, nome comercial Wegovy, já havia sido aprovada pelo órgão regulatório brasileiro para tratamento de pacientes adultos com Índice de Massa Corporal (IMC) inicial ≥ 30 kg/m2 (obesidade), ou ≥ 27 kg/m2 na presença de pelo menos uma comorbidade relacionada ao peso, por exemplo, disglicemia (pré-diabetes ou diabetes mellitus tipo 2), hipertensão, dislipidemia, apneia obstrutiva do sono ou doença cardiovascular.

No Estados Unidos, o FDA já havia aprovado a medicação para controle de peso em adolescentes desde dezembro de 2022. A liberação ocorreu após a publicação dos resultados do estudo STEP TEENS em novembro do mesmo ano.

STEP TEENS foi um estudo fase 3 no qual a semaglutida subcutânea 2,4 mg foi utilizada em adolescentes com idade de 12 a < 18 anos, apresentando obesidade. Ao término período de estudo de 68 semanas, a mudança média no IMC da linha de base até a semana 68 foi de -16,1% entre aqueles que receberam semaglutida 2,4 mg e 0,6% entre aqueles que receberam terapia com placebo (diferença estimada, -16,7 pontos percentuais [ 95% CI, -20,3 a -13,2]; p <0,001). Ao avaliar o desfecho secundário de interesse, os pesquisadores descobriram que 73%  do grupo semaglutida experimentaram uma perda de peso de 5% ou mais em comparação com apenas 18% daqueles randomizados para placebo (OR, 14,0 [IC 95%, 6,3 a 31,0]; p <.001). Uma análise mais aprofundada dos resultados da perda de peso sugeriu que uma perda de peso de 20% ou mais ocorreu entre 37% dos adolescentes que receberam semaglutida em comparação com apenas 3% que receberam terapia com placebo.

Antes aguardada para o segundo semestre deste ano, a expectativa atual é que a semaglutida 2,4 mg esteja disponível no mercado brasileiro no primeiro semestre de 2024, se tornando uma importante ferramenta para tratamento da obesidade em pacientes adultos e, a partir de agora, também em adolescentes. 



Banner

Banner

Banner

Banner

Sobre o autor

Ícaro Sampaio

Graduação em medicina pela Universidade Federal do Vale do São Francisco
Residência em Clínica Médica pelo Hospital Regional de Juazeiro - BA
Residência em Endocrinologia e Metabologia pelo Hospital das Clínicas da UFPE
Título de Especialista pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia
Editor Endocrinopapers
Médico Endocrinologista no Hospital Esperança Recife e Hospital Eduardo Campos da Pessoa Idosa

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: