fbpx
Obesidade

ANVISA aprova semaglutida 2,4mg/semana para tratamento da obesidade

Escrito por Erik Trovao

Mal começamos o ano de 2023 e já recebemos uma ótima notícia para o tratamento da obesidade no nosso país: a aprovação da semaglutida na dose de 2,4mg (Wegovy) pela ANVISA. A semaglutida é um análogo do GLP-1 de longa ação  que promove a perda de peso por reduzir a ingestão calórica e aumentar a saciedade, ao mesmo tempo em que promove a melhora do controle glicêmico devido ao seu efeito incretínico.

Até o momento, tínhamos, no Brasil, apenas a semaglutida até a dose de 1mg semanal (Ozempic), uma dose aprovada para o tratamento do diabetes mellitus tipo 2 (DM2)  mas não para a obesidade. Muitos especialistas, no entanto, já vinham usando o Ozempic de forma off label para o tratamento da obesidade, considerando o efeito positivo da semaglutida sobre a perda de peso mesmo em doses menores. Entretanto, sem conseguir progredir a titulação até a dose de 2,4mg, mais eficaz para perda de peso, como demonstrado pelo programa STEP (Semaglutide Treatment Effect in People with obesity).

O STEP 1 foi um ensaio clínico randomizado realizado em 1961 indivíduos com sobrepeso ou obesidade, mas sem DM2. O grupo que fez uso da semaglutida na dose de 2,4mg semanal teve uma perda média de quase 15% do peso corporal, comparado a apenas 2,4% do grupo placebo. Uma redução de 5% ou mais do peso ocorreu em 86,4% dos indivíduos no grupo da semaglutida.

O STEP 2 avaliou 1210 indivíduos com DM2 e obesidade ou sobrepeso, divididos em 3 grupos: semaglutida 2,4mg/semana; semaglutida 1mg/semana; e placebo. A perda média de peso foi de 9,6% no grupo que usou a dose de 2,4mg de semaglutida contra 7,0% no grupo da semaglutida 1mg e 3,4% no grupo placebo. Uma redução de 5% ou mais do peso ocorreu em 68,8% dos indivíduos no grupo da semaglutida 2,4mg.

Nos dois estudos citados acima, os eventos adversos gastrointestinais foram os mais comuns. Eles foram, porém, mas comumente transitórios e de leve a moderada intensidade. No STEP 1, apenas 4,5% dos indivíduos descontinuaram o tratamento em decorrência destes eventos (contra 0,8% no grupo placebo).

Para diminuir o risco dos eventos adversos citados acima, a semaglutida deve ser titulada até a dose de 2,4mg da seguinte forma:

  • Semanas 1 a 4: 0,25mg/semana
  • Semanas 5 a 8: 0,5mg/semana
  • Semanas 9 a 12: 1,0mg/semana
  • Semanas 13 a 16: 1,7mg/semana
  • A partir da semana 17: 2,4mg/semana

Agora é aguardar a chegada do medicamento às farmácias para que possamos fornecer mais uma opção de tratamento aos nossos pacientes com obesidade.



Banner

Banner

Banner

Banner

Sobre o autor

Erik Trovao

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: